Vazio Sanitário 2020


08/06/2020

Entre os dias 10 de junho e 10 de setembro acontece o vazio sanitário da soja no Estado do Paraná, em Santa Catarina entre os dias 15 de junho e 15 de setembro, dois estados os quais a Coopertradição tem atuação. Durante o período estabelecido em cada estado, fica proibido cultivar, manter ou permitir a presença de plantas vivas de soja em qualquer estágio vegetativo. Essa é uma ação indispensável para o manejo e controle da ferrugem asiática.

A Ferrugem Asiática (Phakopsora pachyrhizi), foi constatada pela primeira vez no Brasil na safra 2000/2001, no estado do Paraná, e espalhada rapidamente para outras regiões produtoras de soja por todo o país. Na safra de 2005/2006 causou grandes prejuízos acumulados, de aproximadamente US$ 8 bilhões, desde seu aparecimento, firmando-se como o principal problema da safra, pois os sintomas da Ferrugem Asiática podem se manifestar em qualquer estágio de desenvolvimento da cultura e em qualquer parte da planta.

O fungo que causa da Ferrugem Asiática é biotrófico, ou seja, precisa de um hospedeiro vivo para se desenvolver e multiplicar. Ao serem eliminadas as plantas de soja na entressafra, o ciclo do fungo é quebrado, reduzindo assim a quantidade de esporos presentes no ambiente, por isso é feito o Vazio Sanitário, um período de no mínimo 60 dias sem a cultura e plantas voluntárias no campo, e que traz entre seus benefícios a queda da ocorrência da doença e de pragas-alvo, o que reduz a necessidade de outros métodos de controle.

Via do Conhecimento, 1911 km 02
Pato Branco - PR
(46) 3220-2000 / (46) 3122-8000
coopertradicao@coopertradicao.com.br
Desenvolvido por BRSIS